Colocar na escolinha ou não?

escolinha

Escolinha. Colocar o Théo na escolinha ou não, foi a dúvida mais cruel da minha vida materna (até o momento) e a opção mais certa do mundo para uma mãe que já estava cansada, sem energia, sem paciência e desgastada. Você analisa os prós de colocar na escolinha, os contras, fala com o marido, consulta a mãe, as amigas, os blogs, o google, decide, deixa de estar decidida, pergunta pra pediatra, visita escolinhas, faz contas, e acaba se sentindo culpada por querer dar esse tempo para a relação de vocês.

Ok, tudo isso pode parecer não ter nenhuma relação com seu filho, do tipo, o problema é da mãe se está cansada ou não, mas se você pensa assim, está redondamente enganada. Todo esse quadro influi negativamente no relacionamento mãe e filho (a). Vamos imaginar a situação, você está com a cabeça fresca e seu filho tem um ataque de birra, como você reage? Com paciência certo? Com calma e tranquilidade. Agora imagina uma mãe que está com a cabeça que parece um botijão de gás passando pelo sétimo ataque de birra do dia. Como você imagina que ela vai agir? Estourando, perdendo a cabeça, consequentemente afetando negativamente o filho.

Colocar na escola acaba sendo sim, uma maneira de dar uma pausa (forçada) à rotina materna. Você pensa na sociabilização, nos estímulos, no desenvolvimento e em mil outras coisas que te impulsionam a dar esse recesso para você mesma. Não se culpe, você merece, na hora certa que somente você saberá. Você também precisa tentar reestabelecer sua rotina como mulher, como mãe fora de casa, como profissional, como ser humano !!!

Pondere, antes de sair correndo pro berçário mais perto, que está provado cientificamente que bebês não precisam de estímulos e sim do carinho materno, do afeto e da presença da mãe. Eu coloquei o Théo com 2 anos e mesmo tendo sido duro, não colocaria antes. Cada uma sabe da sua decisão e da sua vida, mas pondere. Pense em você, mas pense primeiro nele se for pequeno.

Não estou pregando a ida à escola cedo, pelo contrário, aqui a jornada foi árdua de muitas horas de mamãe 24 horas, passeios pela manhã, parquinho com os amiguinhos, brincadeiras, carinhos, muita manha, muita birra, muito tudo. Até que senti que nosso momento havia chegado. Você não pode dizer que seu momento chegou se seu bebê tem 6 meses. A não ser que essa seja sua única opção e você de fato precise voltar ao trabalho.

Desconheço a experiência de ficar sem opção, por isso não avalio se ela é positiva ou negativa. Acho que tudo tem seus prós e seus contras. Pode ser que minha opinião desagrade algumas mães, mas acredito que ter filho vai muito mais além de pensar em ter tempo para si. Ter filho é ter tempo para ele. Não prego que as mulheres devam ficar presas à maternidade de forma desgastante. E sim que exista um planejamento e uma organização mental e familiar de que esse tempo entre mãe e filho deve existir. Deveria existir a cosciência de que filho dá trabalho, demanda, exige e consequentemente cansa. É preciso estar “treinada”para o ritmo e preparada. Caso contrário você vai optar por colocar seu filho na escola o antes possível sem ter ao menos dado tudo de si.

9 Comments on Colocar na escolinha ou não?

  1. Cauã Cris Lu
    03/23/2015 at 17:30 (6 years ago)

    Estou pensando em tudo isso..meu filho completou dois anos esse mês, mas ainda não consegui coloca lo na escolinha,estou muito cansada sim, me dedico 24h pra ele,essa é a fase mais gostosa,a cada dia é uma palavra nova.. Vou curtir mais um ano e dpois coloco na escola!!! Ameiiiii seu post, me ajudou mtooo…bjsssss

    Reply
  2. Dayane Araujo Pink
    03/23/2015 at 17:45 (6 years ago)

    Coloquei ele na escolinha faltando 1 mês pra completar 2 anos, foi a melhor coisa que fiz, ele gastava a energia dele lá, e ainda desenvolveu a fala, pena que me mudei ainda espero vaga da rede publica da cidade que fui.

    Reply
  3. Aline Deslandes Araujo
    03/27/2015 at 12:50 (6 years ago)

    Lendo seu post, pude me reconhecer totalmente através da sua experiência. Minha filha também foi esse ano pra escolinha e com dois anos, e foi a melhor coisa que fiz, tanto pra ela quanto pra mim. Ter vivido esses dois primeiros anos exclusivamente para ela, foram maravilhosos, mas também cansativos, extressantes, mas não troco por nada, mas assim como no seu caso tanto eu como ela precisávamos desse “espaço”.
    Parabéns pelos ótimos assuntos que posta! É sempre reconfortante saber que não é só você que passa por essas indagações!
    Beijos

    Reply
  4. Margarida Santos
    04/03/2015 at 09:40 (6 years ago)

    Meu filho foi para a escola antes de 1 ano e quis comentar porque realmente era a unica opçao. Amamentei (sim no peito) ele até os dois anos de idade, sempre estive presente mesmo ele indo para a escola. Eu ia no meio do dia para amamentar ele. É dificil quando nao se tem nenhum dos avós vivos, quando se tem prazos de um doutorado a cumprir. Nao sou uma mae ruim por isso. Devemos tomar cuidado ao julgar as pessoas. Nao julgo quem deu o peito até 3 meses de idade como nao acho uma melhor mae quem amamenta ate os dois ou coloca o filho na escola somente depois desta idade.

    Reply
  5. Margarida Santos
    04/03/2015 at 09:46 (6 years ago)

    Meu filho foi para a escola antes de 1 ano e quis comentar porque realmente era a unica opçao. Amamentei (sim no peito) ele até os dois anos e 3 meses de idade (desmame natural), sempre estive presente mesmo ele indo para a escola. Eu ia no meio do dia para amamentar ele. É dificil quando nao se tem nenhum dos avós vivos, quando se tem prazos de um doutorado a cumprir. Nao sou uma mae ruim por isso. Devemos tomar cuidado ao julgar as pessoas. Nao julgo quem deu o peito até 3 meses de idade como nao acho uma melhor mae quem amamenta ate os dois ou coloca o filho na escola somente depois desta idade.

    Reply
  6. Clube da Fraldinha
    05/12/2015 at 17:56 (6 years ago)

    Oi Cris, que bommmm. Fico feliz. Essa resposta está um pouco atrasada, mas fico muito feliz em ter ajudado. COmo vao as coisas? bjos Mari

    Reply
  7. Clube da Fraldinha
    05/12/2015 at 17:56 (6 years ago)

    Que bom, o importante é estarmos seguras. Boa sorte na nova cidade. Bjos

    Reply
  8. Maíra Monteiro Brito
    07/15/2015 at 00:35 (6 years ago)

    Gostei muito do seu texto. Fico em casa com meu filho (moro fora do país e isso é uma escolha bem comum), mas comecei a coloca-lo numa escolinha 1x semana depois de 1 ano de idade, e depois dos 18meses vai ser 2x semana. Acho que é super valido, ao mesmo tempo ele ainda passa o maior tempo dele comigo.

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *