Acostumando nossos filhos a ler

Habituar os pequenos com os livros é seguramente o caminho certo para que eles peguem gosto pela leitura no futuro. Desde já, de bebê, com apenas alguns meses de vida, eles podem dar um belo mergulho pelo maravilhoso mundo das histórias. Cada um à sua maneira, claro, mas estimular o contato é essencial e depende de nós.
.
O Théo ganhou seu primeiro livro da vovó, e adorou, os livros acabam se tornando grandes brinquedos e por incrível que pareça se tornou o preferido dele. Sempre fui várias vezes pra SP visitar minha família e não podia sair de casa sem o livrinho.
.
Misturado entre os brinquedos,os livros estimulam o desenvolvimento do cérebro através do sistema sensorial: tato, audição, visão, olfato e paladar. Paladar?? Claro! Se seu bebê ainda não chegou na fase em que tudo vai pra boca, espere e verás.
.
Hoje em dia os livros já não são mais como na nossa época, feitos somente de papel. Hoje os livros são suuuper atrativos, coloridos e de diferentes texturas. Aliás dei um livro convencional pro Théo e em 3 dias o livro tinha virado picadinho rs… Valeu o contato.
.
Vou mostrar pra vocês os tipos de livros que você pode adquirir para estimular o pequenino.
.
LIVROS DE PANO: São ótimos, o Théo tem o da fazendinha e cada vez que eu leio oara ele imito os sons dos bichinhos. Nesse tipo de livro não tem história, pois nessa fase o intuito é apresentar o mundo ao bebê, começando pelo começo, claro. O material é a grande vantagem pois não machuca, não é duro e não têm pontas, perfeitos para dar logo no começo.
.
.
.
LIVROS DE BANHO: Eu mesma não sabia que existiam até que o Théo ganhou da titia o do Cido o Sapo. Muito legal. Confesso que ainda não levei no banho, mas ele adora e dá pra secar a baba rapidinho rs… Assim que colocar a banheira no chão o livro vai também, o ideal é que o bebê já esteja sentando para brincar com livros no banho.
.
.
.
.
.
LIVROS SONOROS: Acho que são os preferidos dos bebês por unanimidade, nunca pude fazer essa pesquisa rs, mas dá pra notar que eles ficam vidrados nos sons. Isso acontece porque o ouvido dos bebês está num momento alto de desenvolvimento no mundo exterior e tudo é novo. Esses livros são duros e pesados, deixe para quando ele já puder sustentar melhor os objetos com as mãos, e, prepara ouvido porque vocę vai escutar 1.000 vezes a mesma santa musiquinha, rs…
.
.
.
.
LIVROS EM OUTROS IDIOMAS: Sou suspeita para falar à respeito porque vivencio essa situação na minha casa, o Théo ouve o pai falando Francês e a mamãe aqui falando português e nos entende perfeitamente. Ele tem um livro sonoro em Francês e gosta bastante. Por isso sou totalmente favorável à introdução de outros idiomas já durante os primeiros meses. Os pequenos livros ajudam muito e são fáceis para pais que não são tão fluentes mas têm algum conhecimento em tais idiomas.
.
.
.

Algumas livrarias e shoppings fazem feiras de livros. Você não precisa comprar um livro caro para que seu filho possa ter acesso à cultura e diversão. Livro usado vale também. Aproveite agora que eles não dizem não aos livros, porque depois ficará mais difícil incorporar o costume da leitura.

.
.
Sou super fã de Contações de histórias. Assim que puder levo o Théo. Mas enquanto isso improvisamos em casa mesmo. Momento super gostoso de leitura, coloco o Théo no colo e escolho um livro para ler. Ele adora escutar a mamãe imitando um porquinho por exemplo. Ser mãe é ser artista também. Boa leitura!
.
Théo e seu livro sonoro preferido
.
.
Vovó contando história para o Théo
.
.
Théo e seu livro de papel que virou pedaços
.

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *